Nota de pesar pelo falecimento do Padre de Ronfe

Presidente da Câmara apresenta condolências pelo falecimento do Padre Avelino Vieira Cardoso Padre Avelino Vieira Cardoso, natural de Ronfe, faleceu esta segunda-feira.

"O Padre Avelino deixou uma marca profunda na sua freguesia natal, Ronfe, onde nasceu a 16 de setembro de 1931, expressando um grande espírito humanista e de ajuda aos mais vulneráveis. 

Foi ordenado sacerdote a 14 de julho de 1957 e nesse mesmo ano foi nomeado Prefeito do Colégio D. Diogo de Sousa, em Braga. 

De 1966 a 1969 foi assistente da Ação Católica Portuguesa em França, onde viveu importantes acontecimentos sociais que marcaram a sua personalidade de homem livre e interventor. Em setembro de 1970 passou a viver em Ronfe, Guimarães, mantendo sempre uma estreita ligação com as instituições locais.

 No ano de 1980 fica ao serviço da Emigração em Londres e é nomeado Assistente Eclesiástico dos Organismos Operários Católicos. Participou ainda em vários outros movimentos: MAAC – Movimento de Apostolado de Adolescentes e Crianças, PEMO – Padres em Mundo Operário e REMO – Religiosas em Mundo Operário. 

Teve um particular papel de denúncia do trabalho infantil, nas mensagens que a LOC diocesana de Braga divulgou e levaram à formação da CNAISTI – Confederação Nacional para a Ação sobre o Trabalho Infantil. Colaborou com as suas memórias no livro “25 de Abril – Guimarães Daqui Houve Resistência” editado em 2014 com o apoio da Câmara Municipal de Guimarães. As cerimónias fúnebres realizam-se esta quarta-feira, 10 de fevereiro, às 11h00, em Ronfe, Guimarães, com todas as restrições impostas pela Direção-Geral da Saúde.


Partilhar