Município de Guimarães atribui 1,5 milhão aos clubes

 


“O apoio da Câmara ao desporto é fundamental para continuar a atividade nos clubes” Assinatura dos contratos-programa desportivos decorreu esta quarta-feira, cumprindo as normas de segurança. Município de Guimarães atribui 1,5 milhão de euros no apoio aos clubes e instituições vimaranenses para o ano 2021. Município de Guimarães atribui 1,5 milhão de euros no apoio aos clubes

O apoio atribuído aos clubes no âmbito dos contratos-programa desportivos com Câmara Municipal de Guimarães “é fundamental para sustentabilidade financeira das instituições, principalmente neste período de pandemia em que se perderam receitas devido à falta de atividade”. 

Este é o senso comum dos representantes das instituições desportivas vimaranenses, expressa na sessão de assinatura dos contratos-programa que decorreu esta quarta-feira, com a presença do Presidente da Câmara, Domingos Bragança, e do Vereador do Desporto, Ricardo Costa, Foi atribuída uma verba global de 1,5 milhão de euros no apoio aos clubes e instituições vimaranenses para o ano 2021. Deste valor, destaque para o apoio à formação em 468 mil euros e ainda de 651 mil euros para dotar os clubes de melhores condições desportivas. 

A Câmara Municipal, entretanto, já adquiriu uma parcela de terreno anexo à Cidade Desportiva para implementar uma nova estrutura, que contemplará um campo relvado a fim de dar resposta às atividades do GRUFC e SARC – Salgueiral, entre outros clubes. No âmbito do contrato-programa, o GRUFC vai receber 12 500 euros que permitirá manter os atletas em atividade. Manuel Paulo Ribeiro realçou que “sem este apoio do Município de Guimarães tornava-se impossível continuar a desenvolver o nosso trabalho. Estamos a viver um ano muito difícil, deixamos de contar com as mensalidades que eram pagas na formação, e em termos financeiros também é muito complicado. Neste momento temos menos atletas inscritos, dado a interrupção das atividades desportivas, mas esperamos ultrapassar”. 

O Grupo Desportivo de Selho é um dos clubes que está a proceder a melhoramentos no seu parque de jogos, apostando na sustentabilidade ambiental. O contrato assumido com a Câmara contempla um apoio de 43 mil euros. “Estes apoios são o alavanque necessário, até porque estamos a proceder à transformação dos nossos equipamentos em energias renováveis e em termos futuros esperamos ter as infraestruturas do clube a ser sustentado sem energias fósseis. Já procedemos a alteração para luz leds nos balneários e a instalação para o campo também já está feita nesse sentido e contamos com o apoio da Câmara Municipal para, de uma forma progressiva, concluir estes projetos”, referiu o presidente do clube, Manuel Pereira. 

O recurso a atividades online tem sido a opção da Associação Juvenil de Karaté Portugal (AJKP). “Mantemos o possível através de algumas iniciativas online por causa da pandemia. Este apoio (7 mil euros) do Município de Guimarães torna-se importante para continuar a ajudar os nossos atletas, porque a vida associativa gira à volta destes apoios”, assegurou Filipe Ferreira Ao Guimagym foi atribuído o apoio regular de 17 500 euros e ainda 10 mil euros para realização de eventos, tendo em linha de conta a retoma da atividade. 

“Antes de iniciar o confinamento tínhamos cerca de 1400 atletas e tivemos de abrir espaços alternativos dado as limitações de distanciamento e recorremos ao Multiusos. Houve um ligeiro decréscimo, mas o número de alunos que nos procurou após o primeiro confinamento foi elevado. 

Este apoio é fundamental dado que temos responsabilidades mensais e torna-se vital para manter o clube a funcionar e garantir a qualidade que nos caracteriza no serviço que prestamos aos nossos atletas”, referiu o presidente do Guimagym, Luís Rodrigues.

Partilhar