Pandemia a baixar


 Portugal poderá já ter ultrapassado a pior fase.


O pico de contágios parece ultrapassado, mas “desconfinar” é ainda uma palavra “proibida”

Previsões mostram que Portugal poderá já ter ultrapassado o pico de contágios, embora Lisboa e Vale do Tejo continue a atrasar uma descida acentuada da incidência a nível nacional. Mas especialistas alertam: continuamos com níveis “brutalmente elevados” e não podemos relaxar.

É preciso continuar com o confinamento, mas os indicadores são bons, veremos os próximos dias como se portam.

DIA 2 FEVEREIRO

Neste momento há 166 888 casos ativos, menos 12 292 em 24 horas. O número de mortos também tem vindo a cair. Há menos 15 óbitos do que os notificados na terça-feira.

Lisboa e Vale do Tejo continua a ser a região mais penalizada, com mais 5100 casos de novas infeções e 116 mortos. A região norte é a segunda com maior número de novos casos, mais 4611, mas com 65 óbitos contra os 55 da região centro, que regista 2307 novos casos.

Foram reportados 260 mortes e 5540 novos casos de covid nas últimas 24 horas, segundo os dados atualizados do boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) desta terça-feira (2 de fevereiro).

Partilhar