Alunos entre os melhores no Indicador de Equidade

 

Alunos do 2º e 3º ciclos de Guimarães entre os melhores no Indicador de Equidade Novo indicador compara resultados de alunos abrangidos pela Ação Social Escolar em todo o país. 

 


O concelho de Guimarães apresenta o melhor resultado nacional referente ao Indicador de Equidade, segundo o relatório publicado pela Direcção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência (DGEEC) onde compara os resultados escolares dos alunos abrangidos pela Ação Social Escolar. 

Nos municípios com maior número de alunos, Guimarães destaca-se no 2º e 3º ciclos onde tem o melhor resultado nacional com 5,4% e 9,7%, respetivamente, no indicador de Equidade. Do relatório se percebe que “este indicador afere se os resultados escolares dos “alunos ASE” da respetiva unidade organizacional ou territorial são superiores, inferiores ou semelhantes aos resultados dos seus colegas nacionais com o mesmo escalão ASE, habilitação da mãe, idade à entrada do ciclo ou resultados nos exames à entrada no ciclo e contexto socioeconómico (aferido pela % de alunos ASE) da escola que frequentam”. 

Esta comparação entre territórios “é realizada, não em termos absolutos, mas agregando as comparações dos resultados de cada um dos seus alunos ASE com os resultados médios dos alunos com características sociais e escolares anteriores semelhantes”. 

A vereadora da Educação, Adelina Paula Pinto, salienta que este é “um resultado encorajador na política educativa concelhia prosseguida há vários anos, onde o estímulo e a diversidade de projetos apresentados a todos os alunos desde o pré-escolar resulta nesta equidade que muito nos orgulha”. “Este é um aspeto fundamental do Projeto Educativo Municipal de Guimarães, onde procuramos dar uma resposta adequada ao perfil e às necessidades de cada criança, projetando o perfil do aluno e do Cidadão vimaranense do século XXI”, destacou.

Partilhar