Moreirense castigado

 


Formação do Moreirense impedida de disputar campeonatos nacionais como consequência de decisão judicial As equipas sub-19, sub-17 e sub-15 do Moreirense não vão disputar os campeonatos nacionais na temporada 2021/2022. O clube, segundo confirmou o Grupo Santiago, já foi notificado da decisão da Federação Portuguesa de Futebol. A suspensão das três equipas dos escalões de formação resulta de uma decisão judicial de Setembro de 2018 do Tribunal da Feira. Na altura, aquela instância condenou o Moreirense à suspensão de participação em competição desportiva por um ano, num processo de corrupção desportiva em que foram condenados outros cinco arguidos. Já na altura, em comunicado, o Moreirense garantia que "a sua participação nos campeonatos profissionais não está em causa" e que o castigo poderá cingir-se "a competições amadoras organizadas sob a égide da Associação de Futebol de Braga e da Federação Portuguesa Futebol, no âmbito das camadas jovens". 
 Três anos depois, a Federação Portuguesa de Futebol comunicou ao Moreirense que as equipas sub-19, sub-17 e sub-15 não podem disputar os campeonatos nacionais. “A participação do Moreirense FC – SAD na prova em apreço encontra-se condicionada a decisão judicial”, pode ler-se no comunicado em que é revelado o programa de jogos da 1.ª Divisão sub-17. " - noticia o Grupo Santiago.
O Moreirense chegou a entrar no sorteio, mas o seu nome já foi retirado do programa de jogos. Segundo foi possível apurar, esta decisão não é passível de recurso. 
Ou seja, estas equipas do Moreirense terão de disputar os campeonatos distritais e cumprir uma caminhada (longa) para tentar voltar aos nacionais. Os sub-19 dos 'cónegos' iam disputar a 2.ª Divisão nacional, enquanto os sub-17 e os sub-15 estavam apurados para a 1.ª Divisão.

Partilhar