Câmara recebe 287 mil euros do combate à Covid

 

A Câmara Municipal de Vizela vai receber 287.120,98 euros do Fundo de Solidariedade da União Europeia - Emergência de Saúde Pública da doença covid-19, por ter prestado auxílio no combate a esta epidemia.


 Uma verba concursada que, segundo revela a Autarquia, fica muito aquém do dispendido pelo município vizelense que gastoi mais de um milhão de euros no combate ao vírus e no apoio social prestado às forças vivas do concelho.



Na crista do surto epidémico, a Câmara Municipal implementou no Programa de Apoio Municipal – VIZELA COVID-19, um conjunto de medidas para assegurar o combate ao surto, o estímulo à recuperação económica e a proteção social, para ajudar quem mais precisava e para retomar, tão rapidamente quanto possível, "o fulgor que caracteriza o concelho de Vizela, tendo apoiado um conjunto de associações e adquirido um conjunto de bens e serviços que contribuíram de forma inequívoca para o combate à pandemia da doença COVID-19."


De realçar que a Câmara Municipal efetuou despesas no âmbito do Programa de Apoio Municipal – VIZELA COVID-19 de mais de um milhão de euros, contudo, a despesa elegível para esta candidatura era de apenas o limite máximo de 150 mil euros por candidatura, ao qual poderia acrescer um montante remanescente, que seria distribuído proporcionalmente pelos Municípios com despesa superior a 150 mil euros, com o processo devidamente instruído, o que aconteceu com o Município de Vizela, tendo recebido 287.120,98€, ou seja, mais 137.120,98 euros, informou a CMV em comunicação enviada à nossa redação.


Partilhar