FELIZ NATAL

DEPUTADOS SOCIALISTAS ELEITOS POR BRAGA PROCURAM ABRANGÊNCIA DAS COMISSÕES PARLAMENTARES

"Proporcionar a máxima abrangência das principais áreas de intervenção parlamentar foi o primeiro objetivo dos deputados do Partido Socialista eleitos pelo Círculo de Braga ao indicar as comissões especializadas da Assembleia da República em que se propõem trabalhar durante a presente legislatura."


Segundo Joaquim Barreto, presidente da Federação Distrital de Braga do PS e coordenador do grupo de deputados, os sete eleitos concordaram na estratégia de, ao escolher as comissões de seu particular interesse, «terem em conta a maior cobertura possível dos assuntos que dão corpo às doze comissões, proporcionando desta forma um acompanhamento mais próximo das várias áreas de intervenção parlamentar».

De acordo com Joaquim Barreto, também assim, os parlamentares bracarenses ficam melhor habilitados para exercer uma representatividade mais informada sobre os vários assuntos que podem ter acutilância particular no distrito de Braga.
Desta forma, Manuel Caldeira Cabral, o economista independente que encabeçou a lista de candidatos do PS pelo Círculo de Braga, integra a sexta Comissão, de “Economia, Inovação e Obras Públicas”.

Joaquim Barreto, o segundo eleito e agora coordenador do grupo de deputados bracarenses, integra, de forma efetiva, a sétima Comissão, “de Agricultura e Mar”, e a terceira Comissão, “de Defesa Nacional”. Como suplente, integra ainda a décima primeira Comissão, de “Ambiente, Ordenamento do Território, Descentralização, Poder Local e Habitação”.
Já Sónia Fertuzinhos, indicou como primeira área de interesse a que dá corpo à décima Comissão, “de Trabalho e Segurança Social”, constando ainda como suplente da oitava Comissão, de “Educação e Ciência”.

Domingos Pereira, o quarto eleito pelo Círculo de Braga, fez da décima primeira Comissão, de “Ambiente, Ordenamento do Território, Descentralização, Poder Local e Habitação”, a sua prioridade, embora assuma também de forma efetiva a participação na nona Comissão, de “Saúde”. Como suplente, está indicado para a quinta Comissão, “de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa”.

Hugo Pires, o quinto deputado bracarense, escolheu trabalhar, de forma efetiva, na décima primeira Comissão, “de Ambiente, Ordenamento do Território, Descentralização, Poder Local e Habitação”, e na décima segunda Comissão, “de Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto”. Será ainda suplente da segunda Comissão, “de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas”.

Quanto a Maria Augusta Santos, elegeu como sua prioridade a oitava Comissão, “de Educação e Ciência”, tendo sido indicada como suplente da sétima Comissão, “de Agricultura e Mar”.

Luís Soares, o sétimo eleito pelo Círculo de Braga, tem como primeira área de trabalho a décima Comissão, “de Trabalho e Segurança Social”, a par da participação na nona Comissão, “de Saúde”. Como suplente, está indicado ainda para a segunda Comissão, “de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas”.

Federação Distrital de Braga do Partido Socialista, 12 de Novembro de 2015