Proteção Civil distrital articulada


O Comando Distrital de Operações de Socorro de Braga da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) realizou no dia 13 de maio no auditório São Tomás de Aquino a apresentação pública do plano de operações do Distrito de Braga para o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR 2021). 

A apresentação decorreu durante a reunião ordinária da Comissão Distrital de Proteção Civil, sendo presidida pelo Presidente Miguel Costa Gomes e contou com a presença dos representantes das entidades com representação na Comissão de Proteção Civil, bem como com o Comandante Regional de Emergência e Proteção Civil da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, Tenente Coronel Carlos Rodrigues Alves, representantes das Associações Humanitárias e Corpos de Bombeiros do Distrito de Braga e representantes dos Serviços Municipais dos catorze municípios que constituem o Distrito.

O plano apresentado aplica-se à área do Distrito de Braga e a todos os organismos e instituições que concorrem para a defesa da floresta na gestão de fogos rurais e na proteção contra incêndios rurais, bem como todos os que cooperam nesta matéria, servindo de base à elaboração dos Planos de Operações Municipais de resposta aos incêndios florestais e de referência à elaboração de todas as Diretivas, Planos ou Ordens de Operações de todos os agentes e entidades integrantes do Dispositivo Distrital. O Plano Operacional Distrital (PLANOP) constitui-se como uma plataforma estratégica capaz de responder às necessidades dos Cidadãos, definindo, além do dispositivo e no âmbito do Sistema Nacional de Proteção Civil e das competências próprias das respetivas Autoridades Políticas, a arquitetura da estrutura de Direção, Comando e Controlo e o dispositivo especial de combate aos incêndios rurais (DECIR), bem como, regula a coordenação institucional e a articulação da intervenção das organizações integrantes do Sistema Integrado de Operações de Proteção e Socorro (SIOPS) e rege-se pelos princípios definidos nas Diretivas Operacionais Nacionais da ANEPC. O dispositivo planeado destina-se a assegurar a mobilização, prontidão, empenhamento e gestão de todos meios disponíveis da forma eficiente e eficaz para o combate aos incêndios rurais, encontra-se empenhado de forma permanente, sendo reforçado, em conformidade com os níveis de empenhamento operacional em função dos níveis de probabilidade de ocorrência de incêndios rurais e do estado de alerta do SIOPS. 
No nível de empenhamento reforçado – Nível II, que corresponde ao período de 15 de maio a 31 de maio, o Distrito de Braga conta com 434 operacionais, no nível de empenhamento reforçado – Nível III, que corresponde ao período de 01 de junho a 30 de junho, compreende 471 operacionais, no nível de empenhamento reforçado – Nível IV, que corresponde ao período de 01 de julho a 30 de setembro, dispõem de 598 operacionais e por último, voltamos ao nível de empenhamento reforçado – Nível III, que corresponde ao período de 01 de outubro a 15 de outubro concilia 464 operacionais, dos vários agentes de proteção civil, com especial enfase para o Bombeiros Voluntários dos Corpos de Bombeiros do Distrito de Braga. O distrito dispõe ainda de dois helicópteros ligeiros para ataque inicial aos incêndios rurais, sedeados no Centro de Meios Aéreos (CMA) de Fafe (15 de maio a 31 de outubro) e Braga (01 de junho a 30 de setembro). Relativamente ao apoio logístico das operações de combate e pré-posicionamento de meios, a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão colocou ao dispor do distrito e da região Norte uma Base de Apoio Logístico (BAL), com capacidade de alojamento até 100 operacionais, localizada na Freguesia de Bairro em Vila Nova de Famalicão. Para a movimentação e/ou rendição de grupos de combate a incêndios rurais o distrito de Braga, em caso de necessidade, em estreita articulação com as Câmaras Municipais de Esposende, Vila Nova de Famalicão e Vizela e com a AHBV Famalicenses, dispõe de quatro veículos de transporte coletivo de passageiros.

16 DE MAIO AS DATAS DA HISTÓRIA

1871 - Arrematação da empreitada para a construção do lanço em S. João das Caldas entre a Rua Dr. Abílio Torres e as Portelas na estrada nº 36 (estrada Vizela-Entre os Rios, hoje 306) que inclui a construção da Ponte D. Luiz (Ponte Nova).

15 DE MAIO AS DATAS DA HISTÓRIA


1881 - O jornal Formigueiro (de Guimarães) escreve sobre a inauguração do Hotel Frankfort (na rua da Estrada Nova, hoje rua Dr. Abílio Torres) de Vizela. Nesta altura havia outros hóteis com este nome em Braga, Porto e Lisboa.

Governo promete apoio a empresas de Vizela

 


O Secretário de Estado Adjunto e da Economia, João Correia Neves esteve hoje de visita a Vizela onde efetuou uma visita às empresas Calvi e FEMA tendo, depois, ladeado por Victor Hugo Salgado, descerrado a placa do Espaço Empresa de Vizela à entrada dos Paços do Concelho.


No interior do gabinete EEV o Presidente da Câmara, agradeceu a terceira visita oficial de João Correia Neves a Vizela considerando-o "um amigo sempre muito atento às necessidades empresariais (ver vídeo) dos vizelenses, reconhecendo Victor Hugo Salgado as limitações dos autarcas em apoiar os industriais.
O representante do Governo agradeceu a forma carinhosa como foi recebido e salientou a importância da criação do Espaço Empresa de Vizela (ver vídeo).






Localizado no rés do chão do edifício que serve de sede ao Município.
o Espaço Empresa de Vizela resulta de um protocolo entre a Autarquia, o IAPMEI (Agência para a Competitividade e Inovação), a AMA (Agência para a Modernização Administrativa) e a AICEP Portugal Global (Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal).

A sua aposta passa pelo desenvolvimento económico e empresarial do Concelho, ao qual se juntam o Conselho Económico e Social, o Investe Vizela, o Regulamento Via Verde Municipal, as Lojas com História e o Vizela Reabilita.

Para a Autarquia "o Espaço Empresa vem criar uma ligação mais célere às entidades públicas às quais os empresários necessitam de recorrer. No Espaço empresa será criado um espaço de atendimento único às empresas onde confluíram os diferentes serviços municipais aumentando desta forma a eficiência e a qualidade dos mesmos. Pretende-se ainda que o espaço empresa seja a porta de entrada para as empresas e um espaço facilitador no acesso aos diferentes serviços da câmara, como os serviços urbanísticos e de ordenamento e gestão do território".


RTP vai mostrar ao mundo novas obras da Praça e Jardim


 






O coração de Vizela, sua Praça da República, já está transformado num estúdio gigante de televisão de onde amanhã de manhã e tarde a RTP vai emitir para todo o Portugal e estrangeiro, através da RTP Internacional, o programa Aqui Portugal.

14 DE MAIO AS DATAS DA HISTÓRIA



1950 - Mendonça Pinto, comandante dos Bombeiros de Vizela, é condecorado pela Liga dos Bombeiros Portugueses com a Medalha de Prata 2 Estrelas de Serviços Distintos.

Incêndio em confecção de Santa Eulália

 

A pronta intervenção dos bombeiros evitou a propagação do fogo nesta confecção que fica situada por debaixo duma casa habitada. Desconhece-se o que esteve na origem do sinistro e os danos materiais causados.

20h17 - Segundo informações do comandante Paulo Félix o incêndio já foi extinto procedendo-se agora a trabalhos de desenfumagem. 

MEIOS no combate ao incêndio: 17 bombeiros apoiados por 4 viaturas.

20h16 - A confecção está situada na Rua de Vila Pouca, próximo da igreja paroquial de Santa Eulália, Vizela.

20h10 - Bombeiros de Vizela encontram-se neste momento a combater um incêndio numa confecção em Santa Eulália desconhecendo-se de momento mais pormenores.

19h58 - Alerta de incêndio.

EM ATUALIZAÇÃO

Baltazar faz hoje 73 anos


 Vítor Manuel Jesus Gonçalves, Baltazar no mundo do futebol, foi dos jogadores mais carismáticos do Futebol Clube de Vizela apesar de ter jogado apenas duas épocas neste clube, onde chegou aos 32 anos, e praticamente em final de carreira.


O médio Baltazar foi dos mais influentes jogadores na ascensão do FC Vizela à I Divisão em 1983-1984 numa equipa (foto) comandada por Nelo Barros e da qual constavam Sérgio, Berto, Manuel Teixeira, Roque, Toni, Perrichon, Guta, Faria, Miguel, Pita, Cartucho, Maurício, etc.

Chegou a Vizela proveniente do Belenenses da I Divisão, onde jogou três épocas depois de ter jogado 6 no Sporting.

Cedo o jogador louro do FC Vizela ganhou a simpatia da massa associativa tendo a sua adaptação aos campos pelados, como o Agostinho de Lima, sido perfeita.

Gozava de imensa popularidade. Embora ajudasse o Vizela a subir à I Liga, Baltazar não disputou este campeonato tendo sido requisitado pelo Lixa.

Vive em Lisboa e hoje está de parabéns.

EQUIPAS QUE REPRESENTOU

1986/87 Pêro Pinheiro

1985/86 Lixa

1984/85 Lixa

1983/84 FC Vizela

1982/83 FC Vizela

1981/82 Belenenses

1980/81 Belenenses

1979/80 Belenenses

1978/79 Sporting

1977/78 Sporting

1976/77 Sporting

1975/76 Sporting

1974/75 Sporting

1973/74 Sporting

1972/73 Atlético

1971/72 Atlético 

1970/71 Atlético 

1969/70 Seixal 

1968/69 Seixal 

1967/68 Pescadores

1966/67 Pescadores

1965/66 Pescadores

1964/65 Pescadores

Última jornada adiada


 Em face do jogo de repetição Académica-Vilfranquense, agendado para quarta feira, 19 de maio, a última jornada da II Liga será disputada no sábado seguinte.

Assim, até agendamento em contrário, o FC Vizela vai receber no dia 22 o Vilafranquense (besta negra das pretensões dos vizelenses nos dois últimos playoffs de subida à II Liga) , em partida que deverá ter início às 16 horas tal como todos os jogos.

Antes disso o FCV, 2º classificado, joga uma das partidas mais importantes do seu historial este domingo (14h00) em Penafiel.
O Penafiel (7º com 43 pontos) que perdeu em Vizela na primeira volta e na última jornada foi vencer à Póvoa de Varzim, já tem a sua participação nesta época realizada porquanto já não desce de divisão nem tem margem pontual para chegar aos três primeiros lugares.
Com o Arouca na 3ª posição com um ponto a menos (e que tem vantagem sobre o FCV no confronto direto) e o Feirense no 4ª lugar com menos dois pontos que os vizelenses, à equipa de Álvaro Pacheco só interessa a vitória. Cann cumpriu jogo de castigo e pode jogar.
O Arouca joga em Mafra no sábado e o Feirense defronta fora o Porto B que necessita de ganhar.
O Arouca termina o campeonato em casa com o Chaves.
Como disse Álvaro Pacheco: "Vai ser disputa até ao fim".


APOIANTES DA EQUIPA
INVASÃO A PENAFIEL

Um grupo de adeptos vai marcar presença em Penafiel para prestar apoio à equipa.
Ao ddV chegou a seguinte mensagem:
"Faltam 2 finais,  faltam 6 pontos e podemos estar a 1 semana do sonho.

Vizelenses chegou a hora de vocês todos virem ajudar nesta luta , por isso vamos encher as ruas da cidade de Penafiel para receber a nossa equipa. 

Peguem na camisola ,no cachecol e na bandeira e afinem bem a voz.

Para a segurança de todos usem máscara e cumpram o distanciamento social."