FELIZ NATAL

Café Miro vence Liga de Honra de Bilhar

Bruno Castro, Diogo Geraldo e Ricardo Veiga conquistaram a Liga de Honra ABN

Foi feliz a ideia da ABN-Associação de Bilhar do Norte, promover torneios de bilhar (snooker) entre os cafés e outros estabelecimentos dos concelhos de Guimarães, Vizela e periferia.
Durante várias jornadas, as equipas, divididas por três escalões, participam nas provas que decorrem nos cafés e participantes em bilhares apropriados da ABN.

O café Miro, na avenida dos Bombeiros Voluntários em Vizela, chegou às finais que decorreram no último fim de semana no pavilhão Multiusos em Guimarães, e arrebatou o primeiro lugar da Liga de Honra, um feito notável, considerando o alto nível de jogadores de bilhar que participam nestas provas. Inclusive há equipas que são formadas com jogadores quase profissionais. Não foi o caso do Café Miro (nome do saudoso Belmiro de Castro) que jogou apenas com prata (ou ouro da casa) e o título veio, justamente, para Vizela.

CAFÉ MIRO COM BILHAR-LIVRE
Vizela foi uma terra onde pontificaram grandes jogadores de bilhar-livre (três bolas, duas brancas, uma com pinta, e uma vermelha, cujo objetivo é fazer as três bolas tocarem-se entre si, havendo quem jogue bilhar simples ou às três tabelas) .
Cafés como o do Lino (actualmente do Sr. Adriano e seu filho Paulo), a Pasteleira (hoje Banco Popular), o Casino ou o Café Reina na Estação, eram pontos de encontro de grandes jogadores de bilhar-livre.
Durante cerca de duas décadas, o bilhar-livre desapareceu de Vizela, mas regressou agora através do salão de jogos criado pelo Café Miro e seu gerente Miro Filho.
Assim, os amantes da modalidade têm aqui uma oportunidade de «matar o vício» deste interessante jogo de bilhar, considerando que quem sabe nunca esquece.