"20 agosto - Bragança-FC Vizela início Campeonato de Portugal, 17h00. Força Vizela

Centenas de pessoas no «funeral» do Rio Vizela

(foto Pedro Eusébio Moreira Martins)
Vizelenses prometem continuar a lutar pela defesa do seu rio



Centenas de vizelenses concentraram-se ontem numa marcha em defesa do rio Vizela condenadno a poluição que destói este curso natural de água.
A concentração, denominada Funeral do Rio Vizela, deu-se junto ao jardim Manuel Faria com os populares a seguirem em direção à Ponte D. Luís onde foram lançadas flores ao rio e dirigidas palavras em prol da defesa do rio e do meio ambiente em geral.
Os vizelense prometem não baixar os braços em prol da defesa de um bem que «todos deviam estimar».
Orgãos de informação nacionais como o canal televisivo Correio da Manhã TV fizeram a cobertura do acontecimento.

(Foto José Ferreira)


RIO VIZELA
O rio Vizela é um rio português com 45 km que nasce na Alto de Morgaír, na antiga freguesia de Gontim, concelho de Fafe, e é afluente do rio Ave.
No seu percurso, na direção nordeste-sudoeste, banha sucessivamente os concelhos de Fafe, Felgueiras, Guimarães, Vizela e Santo Tirso.
É neste rio que se encontra a barragem de Queimadela.
A foz do Vizela, com margens entre as freguesias de Vila das Aves e Rebordões, converge na margem esquerda do rio Ave no concelho de Santo Tirso.
Como nota importante na geografia deste rio, refira-se a curiosidade natural que se encontra logo a seguir à barragem de Queimadela: é ali que se encontram as Olas (ô). Por capricho da natureza, ali e no percurso de mais de cem metros, o rio desaparece debaixo de penedos enormes, para surgir logo adiante, rugindo de forma ameaçadora.  
Wikipédia