VISITE VIZELA

Bombeiros de Vizela enfrentam Tempestade Ana

Passagem da Tempestade Ana deu muito trabalho aos Bombeiros Voluntários de Vizela e desalojou moradora da rua Dr. Abílio Tores.


Os Bombeiros Voluntários de Vizela registaram 16 ocorrências só no dia de ontem originadas pela passagem da tempestade Ana, envolvendo nas operações 24 bombeiros apoiados por 6 veículos em, 11 quedas de árvores na via pública, 1 Incêndio urbano, 2 quedas de estruturas e 2 Inundações, informou o Comandante Paulo Félix.



Onze quedas de árvores

São Miguel - Quinta do Aguilhão – Das 09:17 horas até às 09:55 horas.

São João - Rua das Termas – Das 10:20 horas até às 11:14 horas.



São Miguel - Avenida Abade Tagilde – Das 16:50 horas até às 17:40 horas.

São João - Rua de Paradela - Das 17:14 horas até às 17:55 horas.

Infias - Rua Santa Ana - Das 19:14 horas até às 20:00 horas.

Santo Adrião - Rua Santo António – Das 20:00 horas até às 20:50 horas.

Moreira de Cónegos – Estrada Nacional 105- Das 20:55 horas até às 22:26 horas.

Santa Eulália - Lugar de Penabesteira – Das 21:50 horas até às 23:15 horas.

Infias - Rua Santa Ana – Das 22:15 horas até às 22:55 horas.

Moreira de Cónegos - Rua das Fontainhas— Das 22:26 horas até às 23:57 horas.

Moreira de Cónegos - Parque industrial do Cruzeiro - Das 22:58 horas até às 23:30 horas.



1 - Incêndio Urbano

Stª Eulália - Rua do Lamarão, das 15:15 horas até às 15:50 horas, a ocorrência localizada na garagem de uma habitação, sem grandes danos a registar.

1 - Queda de estrutura

S. João - Rua São Romão das 18:10 horas até às 20:40 horas, obstrução da via publica pela queda de andaime, o mesmo encontrava-se dependurado no cabo de rede de iluminação pública.

1 - Queda de estrutura

S. João - Rua Dr. Abílio Torres das 00:54 horas até às 02:00 horas, habitação com telhado danificado e infiltração de água com grande probabilidade de criar um curto-circuito, por questão de segurança, e seguindo-se os protocolos, a moradora ficou desalojada temporariamente, trata-se da proprietária da habitação, que passou a noite na casa de uma filha. Para o local foi acionado o serviço municipal de proteção civil.

2 - Inundações

S. João - Rua de Vilar – Das 18:08 horas até às 19:00 horas

S. Miguel - Rua Dr. Pereira Freitas (Rua da Rainha) Das 22:15 horas até às 22:52 horas



De acordo com a informação disponibilizada pelo IPMA, as previsões das últimas horas, eram de um agravamento das condições meteorológicas devido à ação de uma forte tempestade que atravessou todo o território continental, com um período mais crítico apontava entre as 18h de ontem e as 06h de hoje:

As informações disponibilizadas pelo IPMA apontavam para Vento forte na generalidade (>50 Km/h) com rajadas muito fortes que podem ser superiores a 130 Km/h nas terras altas, em especial nos distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Vila Real, Viseu, Guarda, Aveiro e Coimbra. No restante território prevê-se vento igualmente forte com rajadas da ordem dos 110 Km/h, não sendo de excluir a possibilidade de, localmente, serão originados fenómenos extremos de vento.

Precipitação forte e persistente no Minho e Douro Litoral com acumulados que podem ascender aos 100 mm/12h e os 80mm /12h na região Centro, com possibilidade de queda de granizo durante a noite/madrugada, estendendo-se gradualmente às restantes regiões, com episódios de aguaceiros pontualmente fortes;

Agravamento das condições do mar, prevendo-se agitação marítima de sudoeste até 6-7 m com picos máximos da ordem dos 10/12 m (com forte rebentação) essencialmente a Norte do cabo Raso a partir da tarde de hoje, mantendo em toda a costa durante o dia de amanhã e rodando para noroeste;

Possibilidade de queda de neve acima dos 800-1000m com acumulados da ordem dos 5 cm nos distritos de Braga, Vila Real e Guarda.





O Comando