FESTAS CIDADE DE VIZELA...7 a 14 agosto.Visite. Participe.

Rio Vizela mantém caudal forte

Corvos marinhos que habitualmente captam peixe em cima dos penedos à margem do rio Vizela mudaram-se para as águas calmas do lago do Parque das Termas pousando no pombal.

O caudal do rio baixou ligeiramente nos últimos dois dias depois de ter galgado as margens junto ao Maquias e ter impedido momentaneamente a passagem da ponte pedonal do Parque das Termas.
O lago do Parque que recebe água direta do rio e a devolve mais à frente também está cheio, mas ainda não registou inundações de outros invernos em que ocupou as artérias pedonais do parque.
No inverno de 2017 que aianda continua em 2018, o rio Vizela ainda não registou uma cheia digna desse nome depois de há um ano atrás o País ter vivido a maior seca dos últimos 80 anos.
As previsões apontam para a vinda de muita chuva forte sinal de que o inverno está para durar (não se enganou a previsão popular do Dia da Senhora das Candeias).