VISITE VIZELA, Santuário de S. Bento das Peras; Balneários Termais; Parque; Rio; Montanha; Património; História...

Cortejo fez de Vizela um mar de gente

Milhares de pessoas preencheram os passeios por onde passou o Cortejo Vizela dos Tempos Idos. A noite esteve quente e nem mesmo o facto do cortejo ter saído com um ligeiro atraso em relação à hora marcada devido aos muitos carros particulares que estacionaram nos dois sentidos, fez arredar quem guardava lugar desde a rua da Saudade em S. João das Caldas até ao espaço Multiusos em S. Miguel.


A grande moldura humana que invadiu Vizela surpreendeu mesmo os elementos da Comissão de Festas que consideraram ter sido este o ano de maior afluência de espetadores. O mau estacionamento de centenas de viaturas acabou por dificultar o trabalho da Comissão de Festas que montou um autêntico estaleiro de onde partiu o cortejo.
Adro da igreja de S. João das Caldas à espera do cortejo.

Sete carros alegóricos (ver descritivo) preencheram o corso, que transportou os espetadores para a Vizela antiga das industrias têxteis, do Hotel Sul Americano, das peregrinações, das invasões romanas, dos famosos anos 50, 60, 70, etc.

Um carro foi dedicado a Maria José Pacheco que assistiu da tribuna onde se encontra o presidente da Câmara Victor Hugo Salgado e vereadores para além dos párocos de S. Miguel e S. João das Caldas entre outros convidados. A historiadora vizelense levantou-se para agradecer a todos os figurantes mostrando-se muito sensibilizada pela homenagem que a Comissão de Festas lhe prestou. A Comissão tornou público que se baseia
Maria José Pacheco aplaudindo o carro que a Comissão de Festas lhe dedicou
nos escritos desta vizelense para elaborar o cortejo.

A marcha demorou mais de uma hora a passar tal a sua extensão notando-se que o público gostou do que viu. A adesão de figurante (330 figurantes sem contar com as três fanfarras, Sedarf e banda de música) foi muito grande, sendo notório que cada vez mais os jovens fazem questão de participar no evento sinal de que o futuro está garantido.

BARES DERAM ALEGRIA
Depois da recolha do cortejo e da monumental sessão de fogo de artifício a festa prosseguiu na praça e na rua Dr. Alfredo Pinto onde os bares vizelenses, que ali montaram os seus stand´s, deram enorme brilho e alegria como já vinha acontecendo há alguns dias, com música ambiente.