"SE VIZELA NÃO É UMA TERRA GRANDE É SEM DÚVIDA A TERRA DE UM GRANDE POVO" - Américo Tomaz

Autarcas fizeram visita de revisão às iluminações do Parque das Termas e da Marginal Ribeirinha

Os candeeiros vão ser reforçados e os que estão avariados substituídos. O objetivo é ter luz artificial em todos os espaços pedonais onde há questões de elétrica a resolver.


A União de Freguesias de S. João e S. Miguel das Caldas representada pelo seu presidente Mário José Oliveira e a Câmara Municipal representada pelos presidente e vice-presidente Victor Hugo Salgado e Joaquim Meireles respectivamente e ainda pelo técnico municipal Luís Silva fizeram esta noite uma ronda pelo Parque das Termas, espaço entregue à gestão da União de Freguesias da cidade, e Marginal Ribeirinha
para apurara as carências da iluminação artificial destes espaços.
Os atuais executivos já fizeram no início de mandato uma intervenção no sistema elétrico, todavia foi constatado no local que é necessária a substituição de lâmpadas, a colocação de novos lampiões de um e dois braços e possivelmente a remoção dos lampiões pimenteiros, estando alguns partidos. A colocação de lâmpadas leds em todos os focos é outro dos objetivos de forma a haver mais luz e menos despesa.
O objetivo passa futuramente também por desligar as luzes do parque a partir de determinada hora da madrugada quando não se justificar a iluminação.