VISITE VIZELA

Mais um conto estapafúrdio do vizelense José Lopes Videira

"Na Terra das Araucárias" ( árvores da América ou da Austrália, também chamada pinheiro-do-brasil ou pinheiro-do-paraná, existentes no secular Parque das Termas), é o nome do último conto estapafúrdio de José Lopes Videira: «Desta vez, os vizelenses, transferiram a Ponte Romana para a Praça da República e colocaram o arquitecto Abel da CMV no lugar da estátua da deusa Ceres que foi roubada do talha-mares da vestuta ponte.


José Lopes Videira
A narrativa publicada em livro de 88 páginas (em letra visível de corpo alto para facilitar a leitura e com capa da entrada automóvel das Termas da autoria de Goretti Videira ) faz parte da colectânea de contos, intitulada Histórias Extraordinárias e Estapafúrdias de Vizela da autoria de José Lopes Videira.

A transfferência da ponte velha, uma manifestação em defesa dos plátanos da Praça da República faz parte da base deste conto que nos traz nomes de vizelenses bem conhecidos, uns vivos e outros já desaparecidos.
A leitura é agradável de seguir sendo impossível não recuar nas suas páginas aos momentos de ouro de Vizela e das suas gentes.
José Videira vale-se, entre outra documentação, da grande memória de seu pai José Videira de 99 anos, para escrever estes livros sendo o seu progenitor uma das pessoas com mais conhecimentos sobre a Vizela antiga. A sua paixão por Vizela é enorme.
Escreve por prazer desejando que locais de outrora e estabelecimentos como os hóteis e pensões que proliferavam em Vizela e figuras vizelenses que muitos recordam, fiquem imortalizados nos seus escritos.
O livro não se encontra à venda em locais públicos podendo ser conseguido junto do seu autor no Hotel do Padre em Vizela