JOÃO GOMES DE OLIVEIRA GUIMARÃES (Padre)

Abade de Tagilde foi um investigador e um político.
João Gomes de Oliveira Guimarães nasceu em Bugalhós de Baixo, freguesiade S. Vicente de Mascotelos, concelho de Guimarães, no dia 29 de Dezembro de 1853.
Seus pais eram proprietários abastados.

Aos 14 anos, matriculou-se no liceu de Braga. Terminados os estudos secundários em 1872, inscreveu-se no Curso de Teologia do Seminário de Braga que concluiu em 1875.
No ano seguinte, foi ordenado presbítero e onze anos depois, em 1887, foi nomeado pároco de Tagilde. Tinha então 34 anos.
Começou por estudar a terra onde residia e iria viver até ao fim dos seusdias; em 1894 publicou na Revista de Guimarães“TAGILDE: Memoria Historico--Descriptiva”.
Em Tagilde, permaneceria um quarto de século (25 anos), vindo a falecer, vitimado por uma pneumonia, em 20 de Abril de 1912 com 58 anos de idade.

O seu nome está ligado à Sociedade Martins Sarmento e ao ressurgimento deestudos sobre a história local de Guimarães. Pertenceu a esta Sociedade desde asua fundação, esteve dez anos na direcção e foi seu presidente entre 1902 e 1905.Acompanhou Francisco Martins Sarmento em várias expedições arqueológicas,tornou-se o homem da sua confiança e, após a sua morte, foi ele que continuoua calcorrear montes e vales na busca de novos achados arqueológicos.
Tagilde foi a única paróquia que conheceu. Ele era o Senhor Abade de Tagilde!

O P. Oliveira Guimarães, dois anos após ter sido nomeado pároco de Tagilde, apresentou-se como candidato a deputado pelo Círculo de Guimarães, em representação do Partido Progressista, então no poder. Foi no Outono de 1889, tinha 36 anos.O seu adversário político era João Franco Castelo Branco, candidato pelo Partido Regenerador, que venceria a eleição para deputado da Nação.
O Abade de Tagilde não foi deputado, mas viria a ser Presidente da Câmara de Guimarães. Com efeito, entre 1902 e 1904 foi vereador e em 1905 assumiu a presidência da Câmara até à instauração da República, em 5 de Outubro de 1910.


Em frente da casa paroquial encontra-se uma lápide onde pode ler-se: “Nesta residência paroquial, faleceu aos 20 dias do mês de Abril de 1912 o insigne historiador e diplomatista P.e João Gomes de Oliveira Guimarães, Abade de Tagilde, nascido na freguesia de Mascotelos aos 29 dias do mês de Dezembro de 1853.”
Em Vizela o su nome foi atribuído à Avenida Abade de Tagilde em S. Miguel das Caldas.

Partilhar