Câmara assegura que espanhol está a pagar renda das Termas

Em comunicado emitido hoje a autarquia informa que: "Acordo entre Câmara e Tesal, empresa sobe a liderança do espanhol Tomaz Ares, está a ser cumprido. A Tesal já liquidou no primeiro semestre deste ano o valor 107.091.00€, estando os pagamentos devidamente regularizados.



Victor Hugo Salgado e Tomaz Ares na reabertura das Termas em fevereiro.

Mais acrescenta a autarquia lidera pelo independente Vitor Hugo Salgado que: «Desde que este executivo Municipal assumiu funções, uma das prioridades foi a resolução do problema das Termas de Vizela, tendo assumido uma mudança radical de política, que foi fundamental para a reabertura do Balneário Termal.

O problema das Termas assentava, não apenas na conclusão das obras previstas no contrato, mas também no atraso do pagamento das rendas.

Assim, a Câmara Municipal assinou novos acordos com a Companhia de Banhos de Vizela e com a Tesal, que permitiram solucionar três problemas que se vinham arrastando ao longo dos últimos anos: o aparcamento, o acesso ao edifício e a conclusão do balneário termal. Foi assim, efetuado um acordo triangular entre a Tesal, a Companhia de Banhos de Vizela e a Câmara Municipal, com cedências de parte a parte e que permitiram desbloquear em definitivo um problema.


PAGAMENTOS DE RENDAS
No que concerne ao pagamento das rendas à Câmara Municipal por parte da Tesal, a Autarquia assinou um novo acordo para o pagamento das rendas em atraso referentes ao hotel e ao balneário termal.

Nesse seguimento, a Câmara Municipal de Vizela informa que os contratos se encontram a ser escrupulosamente cumpridos, sendo que e a Tesal já liquidou no primeiro semestre deste ano o valor 107.091.00€, estando os pagamentos devidamente regularizados.

Assim, e para além do pagamento das rendas, o balneário encontra-se aberto, as obras foram executadas, nomeadamente os acessos e respetivos balneários, a área exterior e a piscina termal, resolvendo-se em definitivo um problema que se arrastava há anos, estando as Termas de Vizela a funcionar em pleno. Prova disso foi a realização do dia aberto da piscina dinâmica do balneário termal, realizado nos passados dias 18 a 20 de setembro.

Com a requalificação do Complexo Termal de Vizela pretende-se que as termas de Vizela retomem a sua tradição termal, cuja origem remonta há pelo menos três séculos, de modo a potenciar o incentivo e a promoção do turismo de saúde e a permitir que Vizela tenha as melhores condições para captar turistas e aquistas, contribuindo, assim, para o crescimento do Turismo e, consequentemente, para o desenvolvimento do Concelho.

Partilhar