VISITE VIZELA

Comunicado do Partido Socialista de Vizela

"A lei geral confere que o Presidente da Câmara é a figura que representa o Povo e o Município de Vizela. Neste fim de semana o Sr. Presidente da Câmara participou num Festival de Reis e o protocolo acabou distorcido para que o compadrio tivesse visibilidade.
A simples cerimónia realizada na União de Freguesias de Tagilde e Vizela (S. Paio) num Festival de Reis acabou por demonstrar a sede de poder dos intervenientes, Presidente da Junta que na presença do Presidente da Câmara deu voz a um Vereador sem pelouro sem a devida autorização do Presidente da Câmara presente.

Dando seguimento ao desaforo o Presidente da Junta menosprezou novamente o Sr. Presidente, fechando o evento na tentativa de ter visibilidade atropelando novamente as regras protocolares. A conclusão que retiramos é o vale tudo num grupo sem regras que repetidamente desrespeita os órgãos de soberania, esquecendo a democracia como aconteceu no dia 4 de Maio onde democraticamente foram derrotados e não acataram o veredicto.

Alertamos a população para a falta de carácter de pessoas de vénias e falinhas mansas, avessos à democracia com tentativas repetitivas de intimidação e desrespeito.
O Partido Socialista não se revê nestas falácias de falta de carácter e vergonha para com o Sr. Presidente e demonstra a sua solidariedade ao representante máximo eleito pelo Povo de Vizela.
O respeito das regras protocolares são sinónimos democráticos, o desrespeito é subversão da verdade para gente de baixo índole.

A Concelhia de Vizela do Partido Socialista
Vizela, 24/01/17