Universal é dos Cafés mais antigos de Portugal


Situado na Estrada Nova num local central de Vizela e ao lado de belas casas e hotéis, este café com mais de cento e quarenta anos é um dos mais antigos de Portugal e da Europa.


Quando mudou o nome para Café Universal, já a rua se chamava Rua Dr. Abílio Torres e passou a ser o único com esplanada, a qual ficava ao lado da Rua do Prado.

Atualmente o antigo Café Brasil designa-se por Cervejaria Universal.

No grande movimento termal do final do século dezanove e início do século vinte, era o café dos brasileiros, que estanciavam em Vizela, na romântica terra e formosa povoação, que o jornalista e escritor D. António da Costa, intitulou de Rainha das Termas de Portugal.

Ao lado do café, em frente ao Hotel Universal, onde banhistas sonolentos, sentados em cadeiras de vime abanavam enxota-moscas, enquanto os brasileiros falavam do câmbio do Brasil, admiravam em ver passar na Estrada Nova, as belas mulheres que veraneavam na risonha povoação, quando se dirigiam para a fantástica e famosa Confeitaria Primorosa, que ficava encostada ao Hotel Universal.


Ao anoitecer gostavam de ver o lampianista com um escadote a acender os lampiões da rua com querosene. 

Admiravam-se quando o lampianista lhes dizia, que tinha ordens do administrador do concelho de não os acender em noites de lua-cheia.

Deixavam o café por volta das onze horas da noite, quando os lampiões um a seguir ao outro apagavam-se, para deixar a rua às escuras, então dividiam-se, uns iam dormir para o Hotel Vizela, Hotel Cruzeiro do Sul e Pensão Camilo, enquanto outros passavam a noite até ao romper da aurora à volta das roletas dos três casinos da aldeia.


Nos tempos modernos, quando era conhecido pelo nome do proprietário "Lino", foi o primeiro café em Vizela a ter televisão, para alegria e pasmo dos seus clientes era uma "caixa" com um vidro à frente, onde viam-se dentro pessoas a mecher e a falar.

Quando o cantor espanhol Joselito fez uma torné musical em Portugal, estava hospedado no magnífico Hotel Sul-Americano, no fim de cada espetáculo ia com os membros da banda comer frango de churrasco no café Universal.

O bilhar livre do café era o de maior categoria em Vizela, nele realizavam-se grandes partidas. Quando os "mestres" entravam em ação, calmos, concentrados e preparavam-se para mais uma partida, a sua perícia fazia deles os melhores jogadores de Vizela, eram os primos, Zezé da Doçaria e o Quim Ourives, da Ourivesaria Ferreira. Eles colocavam paixão no jogo e na execução de cada tacada, por isso o café enchia de pessoas para os ver jogar. O Manel Cavaco e o Rui Almeida também eram bons jogadores de bilhar, assim como o Zé Cascalho.

Não foi de admirar, quando o campeão do mundo de bilhar livre, o argentino Pablo Suarez viesse a Vizela em 1972 fazer publicidade à "Sumol" e jogar neste famoso bilhar, com muita e entusiasmada assistência, que delirava com as suas fantásticas carambolas. Depois da representação, o profissional de bilhar livre e campeão do mundo Pablo Suarez, sorteou o taco, que saiu ao felizardo Acúrcio, cunhado do comerciante vizelense Raúl Pereira, na altura o Mário José ainda era seu empregado.

Esse taco ainda se encontra na Cervejaria Universal, para quem o quiser admirar. Pequenas histórias que fazem grande a História de Vizela.

JOSÉ VIDEIRA 

...

LICENÇA 

A primeira licença para abertura do café Brazil, foi passada a José Pinto de Freitas, entre 26-06-1888 e 26-06-1889. 

É, neste caso, o café mais antigo de Vizela em funcionamento, com 134 anos.

ANTÓNIO CUNHA 

 O prédio lateral à Cervejaria Universal tem no portão registada a data de 1877, o mesmo ano da fundação dos Bombeiros Voluntários Vizela. 


Partilhar